sexta-feira, 27 de março de 2015

Fonte: SAPO

Se a verdade é que foi o co-piloto Andreas Lubitz, que estava com baixa médica,desde a véspera
e que não comunicou à Companhia da Transportadora aérea, e que propositadamente fez
descer o avião e depois embatê-lo contra as montanhas, o medo pode aumentar entre as
pessoas que usam os aviões.
Confiamos em quê?
Na máquina?
Nas pessoas?
Na sorte?
Em Deus?
Ou no quê?
http://videos.sapo.pt/Av0wk1HkVyZP58OAQABL
 

3 comentários:

Ricardo- águialivre disse...

Simplesmente aterrador se for verdade que o piloto se quis suicidar arrastando consigo 150 pessoas.
A pergunta que surge: Como é possível existir tanta maldade num coração humano?
Cumpts

Cidália Ferreira disse...

É triste!!

Beijos bom fim de semana.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Graça Pires disse...

Também gostava de saber...
Beijo.