terça-feira, 27 de janeiro de 2015

TERRA VERMELHA- Maria Luisa Adães( uma poetisa que muito aprecio)

Admirada me voltei              
Internet

Vi terra vermelha

Olhos verdes me olhavam
Escondidos de mim

E as máscaras cantavam
Num mundo que chorava

Só elas dominavam
Sem medos de nada

As máscaras alegres do Carnaval
Batiam à porta e entravam

Olhei este mundo
Onde tudo me fascinava

E vislumbrei e amei
As cores e a fantasia

A pirâmide invertida
Mostrava os mistérios da vida

E eu esperava alguém
Que me enfeitiçava
Sem saber que o fazia

Cansada adormeci
As máscaras vibravam de alegria
Encantavam

E eu parti com a lembrança de ti...

O meu mundo
Me esperava!...

Sugiro uma visita ao seu blogue:
http://os7degraus.blogspot.pt/



4 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Um poema muito bonito.
Conheço seu blogue.


Beijinho e uma excelente semana.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Mona Lisa disse...

Brilhante, como todos os poemas da Luísa.

Beijinhos.

✿ chica disse...

Lindo como sempre vejo por lá! Maria Luiza, sempre inspirada! bjs praianos às duas,chica

Maria Luisa Adães disse...

Agradeço a lembrança e lembro que seus blogs são muito bons!

Não é por o poema ser meu,
mas me encantou quando o escrevi
e o considero belo!

Merecer sua atenção
já significa
que profundamente
O Sentiu e entendeu!...

As indiferenças deixam de contar!

Eu escrevo pouco às pessoas, motivos de saúde, e isso conta no mundo virtual.
Mas não importa
Só aqueles que entendem importam!...


Com ternura agradeço,

Maria luísa