quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Casa-Museo Joaquín Sorolla (1863-1923)



aqui viveu desde 1911

Abriu ao público em 1932.

Sua mulher Clotilde deixou todo o seu recheio, em testamento ao Estado.

O primeiro diretor do mesmo foi o único filho do casal.

fonte: www.cabaredogoucha.pt

 

5 comentários:

Mona Lisa disse...

Adoro os seus retratos.

Um museu que adorava visitar.

Beijinhos.

Cidália Ferreira disse...

Maravilhoso

Beijinho com carinho.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Mari-Pi-R disse...

Uno de mis pintores favoritos, un abrazo.

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Muitos doaram as suas coisas ao Estado para um fim cultural e ainda para perpetuar a memoria do seu autor.

Olinda Melo disse...


Cara Irene

Muito obrigada por nos trazer este pintor. Não o conhecia.

Bj

Olinda