domingo, 10 de maio de 2015

CHEGUEI COM A NOITE... Da poetisa ROSA MARIA(madrinha de um blogue meu)


Cheguei com a noite meu amor...no meu corpo trago restos de Outono...cheguei sem mim...procurando nas madrugadas a Primavera com cheiro de rosas e promessas de amor para me vestir de ternura.
Venho sem mim...tenho os braços suspensos no teu abraço e os lábios esperando o teu beijo...estou vazia. Os meus sonhos naufragaram e a noite desceu sobre mim...o cais está cheio de lembranças...hoje já serenas...no tempo e no espaço sou mulher cansaço...quase nada......ilusão apenas.
No meu peito guardo pedaços de sonhos com sabor de nostalgia...o meu coração tão cheio de amor e tão só e as minhas mãos...as minhas tristes mãos...tão cheias de nada...procuro-me na tua pele...procuro-te no meu corpo...não me encontro...não te tenho.
Trago apenas palavras...palavras de amor amarradas no meu peito chamando por ti num grito amordaçado...numa prece inacabada num olhar perdido caminhando por entre escolhos sem morada certa.
Não sei de onde vim ou para onde vou...sem estrada e sem rumo vagueio perdida pelos caminhos da ilusão...trago apenas as mãos e um amor imenso que não sei o que fazer com ele.
Na escuridão há tanto silêncio meu amor...na noite há tantas sombras...tantos gestos que nada dizem...no passar das horas...no passar dos dias...no passar da vida a angústia de mais um amanhecer...mais um adeus no rio dos meus olhos.
Acordei chorando meu amor...chamei por ti e não te encontrei...chamei a noite minha amante e meu algoz minha eterna companheira...metade de mim é dela...a outra metade é barco à deriva...pedaços de tempo arrancados do meu corpo.
A vida é insaciável meu amor...os caminhos são abismos marcados pelo passado...perdidos no presente e ausentes no futuro onde dispo todas as lembranças no crepúsculo deste Outono que me grita que é tarde...que os sonhos são apenas memórias que se perderam de mim.
Alheia à vida espero para além do tempo...perdida na fria claridade do desencanto...na noite de todas as noites...caminho com o vento.

Escrito por : Rosa Maria

5 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Maravilhoso!!

Beijo, bom Domingo

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

✿ chica disse...

Intensamente lindo! Ótimo domingo! bjs, chica

Graça Pires disse...

Muito belo este texto da Rosa Maria.
Beijo.

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Poesia que nos encanta. Nos move e comove.
Poesia que nos enche de magia.

Elvira Carvalho disse...

Lindo. A Rosa é uma poetisa de mão cheia.
Um abraço e fique bem