quinta-feira, 23 de abril de 2015

Memória do teu corpo... do meu amigo Manuel Marques de Jeus


Tenho nas mãos
a memória do teu corpo
adio o sonho...
invento palavras
escondo o meu rosto
por detrás de um ar risonho
escondendo o meu desgosto...

Nem sempre se ama
quando se quer
flutuo nas incertezas
tacteando os meus pensamentos
no teu corpo de mulher...

7 comentários:

Olinda Melo disse...


É no sonho que se projecta a vida.
Obrigada por nos trazer este belo poema e este autor.

Bj

Olinda

Cidália Ferreira disse...

Tão lindo!

Beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

✿ chica disse...

Sempre lindo! abraços, chica

Graça Pires disse...

Um poema de amor lindo. Que bom que é receber poemas de amor...
Beijo.

Toninho disse...

Um belo canto de encanto com o amor, que se inspira numa mulher com toda arte da bela poesia.
Otima partilha Irene.

Carinhoso abraço amiga.
Bjs

Ricardo- águialivre disse...

Boa tarde

Poema brilhante cheio de arte, talento e, inclusive alguma melancolia. Gostei demais.
.
Desejo um feliz fim-de-semana
Ando por aqui:
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Elvira Carvalho disse...

Muito belo este poema de amor.
Um abraço e bom feriado