sábado, 22 de novembro de 2014

Voar nas Palavras - Florinda Dias

 

Voar nas palavras
Entrando devagarinho
Sem muito alarido
Minhas emoções sentindo
Em todo momento por mim vivido
Cada uma do seu jeito
E a cada momento que escrevo
É meu, este feito
Escrevo para aliviar a alma
Escrevo de sentimento
Na escrita sinto liberdade
Dou asas ao pensamento
O pensamento que é meu
Muito meu e de quem o lê também
Versões de sorrisos ou lágrimas
São dias que a Minh ‘alma tem
Na Essência do meu jardim
Tem flores...!
E essas flores são de várias cores
Cores belas, como o Arco-Íris
Iluminadas pelo sol, o brilho da lua, das estrelas
E regadas com salpicos de amores
Quero viver na bendita bondade
Dar-me esse direito...! A essa liberdade
Bendita poesia
Que passou a ser a minha terapia.


(retirado da sua página do Facebook,
com a devida autorização)



4 comentários:

✿ chica disse...

Linda poesia! (Um aviso: Tive que selecionar para poder ver. Podes arrumar as letras. o fundo tá preto sem as letras.Só selecionando vemos o final!) bjs, chica

Cidália Ferreira disse...

Amiga, algo está mal
Tente mudar a cor das letras



Beijo e um sábado feliz

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Ricardo- águialivre disse...

Algo está menos bem, visto que só sublinhando se consegue ler...o magnifico e bem elaborado poema

Desejo um bom fim de semana

Querendo visite(m):

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Ana Bailune disse...

Linda poesia, e muito verdadeira!