sábado, 8 de julho de 2017

Quimoterapia pode alastrar o cancro e fazê-lo ressurgir mais agressivo

Um novo estudo sugere que a quimioterapia pode alastrar o cancro e fazê-lo despertar tumores mais agressivos.
Investigadores nos Estados Unidos estudaram o impacto das drogas associadas à quimioterapia em pacientes com cancro da mama e descobriram que a medicação aumenta as hipóteses das células cancerígenas se deslocarem para outras partes do corpo, onde são mais letais, avança o Telegraph.
Muitos dos pacientes diagnosticados com cancro da mama fazem quimioterapia antes da cirurgia, mas o novo estudo sugere que, apesar de a curto prazo o tratamento diminuir os tumores, pode desencadear a propagação das células cancerígenas pelo corpo.
George Karagiannis, da Universidade de Medicina Albert Einstein, em Nova Iorque, descobriu que o número de reincidências cancerígenas aumentou em 20 pacientes que receberam dois fármacos de quimioterapia comuns.
O médico também descobriu que, em cobaias, a quimioterapia como tratamento para o cancro da mama aumentou o número de células cancerígenas a circular pelo corpo e especialmente nos pulmões.
Karagiannis disse que a solução poderia passar pela monitorização das mulheres de forma a perceber se quando faziam quimioterapia o cancro começava a circular. “Uma das abordagens poderia ser retirar uma pequena quantidade do tumor depois de algumas doses de quimioterapia antes da operação”, disse o investigador.
“Se observarmos que os marcadores estão a aumentar, repensaríamos em deixar de recomendar quimioterapia e passar a fazer a operação em primeiro lugar, seguida de quimio pós-operação. Neste estudo só investigamos disseminação de células cancerígenas induzidas por quimioterapia no cancro da cama. Agora vamos trabalhar noutros tipos de cancro e ver se o efeito é similar“, concluiu.

ZAP // (fonte)

                                     
   Lendo isto fico muito preocupada como é evidente. Se há dúvidas como é que qualquer
   doente que tenha o azar de lhe surgir um problema deste tipo, sabe como agir?
 
   O mesmo se passa em relação a fazer a mamografia/ecografia mamária, em que há
   critérios diferentes  de médico para médico, em relação ao período que deve mediar
   entre exames. No meu caso, que já tive um problema no peito direito, que foi tratado
   através de secagem e depois de 5 anos de acompanhamento na Maternidade Alfredo
   da Costa, tive alta com a indicação para o meu médico de família que deveria fazer
   o exame anualmente. O últino que fiz foi em 2015, porque entretanto o meu médico
   de família reformou-se e a médica que o veio substituir não  passa a credencial
   porque diz ser contra fazer este tipo de exame com regularidade, e também por eu
   já ter 70 anos de idade não ser necessário.Tenho andado enervada e preocupada
   com esta decisão da médica, mas ela é soberana. Só me resta ir fazer em particular.
   Mas tenho dúvidas se ela estará certa ou errada?!!!
   Irene Alves
        
 

6 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Ficamos todas. Porque eu fiz THS, levei e tinha uma massa na mama esquerda, durante anos fiz Eco mamária de seis em seis meses. A minha médica exigia sempre colar anti radiações. Depois que parei com a THS, passei a fazer anualmente, e depois dos 65 anos, de 2 em dois anos apesar de continuar com a tal massa, que já cá está há anos e que até agora graças a Deus se tem mantido na mesma. Fiz este ano em Fevereiro.
Um abraço e bom fim de semana

Cidália Ferreira disse...

Eu acho que, quanto mais lemos à cerca de certas doenças mais baralhadas ficamos! Mas...

Desejo tudo de bom para si.
beijo bom fim de semana

Maristela Guilherme disse...

Pede a proteção e direção do Senhor.
Só ele pode sossegar seu coração.
bjs

Tais Luso disse...

Eu sempre vou atrás das descobertas, da evolução ou mesmo das coisas negativas. Manter-nos em alerta só ajuda, se não fosse meu espírito de não acreditar 100%, certas coisas iriam mal. Acertei em muitas observações minhas.
Beijo, querida Irene, assunto muito pertinente.
Uma ótima semana!

Profª Lourdes disse...

Bom dia amiga! Vim retribuir sua visita e o comentário que deixou, sempre engrandecendo a postagem. Serás sempre bem vinda ao meu cantinho, volte sempre.
Querida, confie em Deus não vai ser nada grave. Já passei por um susto desses e logo Deus me aliviou. Te desejo tudo de bom.

Tenha um domingo feliz e um início de semana na paz, com muita saúde e felicidade. Abraços, Lourdes Duarte.
Deixo os lingues dos meus blogs para quem desejar conhece-los e seguir. Ficarei grata!
https://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/
http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/

Graça Pires disse...

Dá para ficarmos muito preocupadas.
Uma boa semana.
Beijos.