sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

De: Valter José Guerreiro

ESTADOS DE ALMA
Chove
E o sol brilha num céu a rebentar de azul
Venta
E o ar sereno repousa imóvel no mar do sul
Neva
E a terra explode num orgasmo sem fim
Sou eu a inventar o mundo
E hoje é Inverno dentro de mim!
Valter Guerreiro

7 comentários:

Mona Lisa disse...

Magnífico poema!

Este mês tem sido um intenso e cinzento Inverno ,dentro de mim.

Beijinhos.

Cidália Ferreira disse...

Lindo poema.!
A imagem até assusta.. mas sabemos que pode ser real.

Beijo, bom fim de semana
Beijos


http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Elvira Carvalho disse...

Gostei.
Um abraço e bom fim de semana

Olinda Melo disse...


Estados de Alma...Há dias assim.
Cara Irene, um bom fim de semana.
Bj
Olinda

Santa Cruz disse...

Irene Pequeno mas lindo gostei: Bom fim de semana.
Beijos
Santaruz

luís rodrigues coelho Coelho disse...

O autor conseguiu mostrar esses estados de alma.
Valeu a leitura. Valeu sentir sentimentos que nos assemelham e aproximam.

Graça Pires disse...

Muito belo este poema com neve...
Beijo.