domingo, 22 de maio de 2022

Que terá sonhado o tempo até agora?


Sonhou a espada, cujo melhor lugar é o verso...

Sonhou os gregos que descobriram o diálogo e a dúvida...

Sonhou a sorte que tivemos ou que sonhámos ter tido...

Sonhou a ética e as metáforas do mais estranho dos

homens, aquele que morreu uma tarde numa cruz...

Sonhou o livro, esse espelho que nos revela sempre outra cara...

Sonhou o número da areia...

Sonhou o jasmim que não pode saber que é sonhado...

Sonhou os passos do labirinto...

Sonhou o nome secreto de Roma, que era a sua verdadeira

muralha...

Sonhou a vida dos espelhos...

Sonhou mapas que Ulisses não teria compreendido...

Sonhou o mar e a lágrima

Sonhou o cristal.

Sonhou que Alguém osonha.


Jorge Luis Borges



1 comentário:

- R y k @ r d o - disse...

A vida, toda ela, é composta pelo sonho
.
Cumprimentos poéticos
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.